Esqueça as formas tradicionais de se usar lingerie!

Achei um release bem legal do FFW falando sobre as tendências dos looks com lingeries aparecendo e temos que combinar que as coleções estavam lindas e, além de tudo, essa moda até que pegou. O importante é não cometer gafes.

Mas não vamos deixar de ser charmosas e usar o negócio assim, chapado e sem graça. É para seduzir ou é descuido? Essa é a dúvida que fica. O sutiã está aparecendo de propósito ou ela não está se dando conta do que está acontecendo? Portanto, atenção! Essa moda é uma graça, mas tem que saber usar.

Dior, Yves Saint Laurent, John Galliano e Pringle of Scotland ©FirstView

Gloria Kalil indica: O recurso é interessante e sexy quando usado com sutileza. Uma renda e o brilho do cetim embaixo de um paletó de lã, uma saia de seda cor de pele com um suéter de pontos pesados, um vestido de noite de renda negra sobre forro rosa, uma liseuse vintage com um shortinho de alfaiataria. São misturas inesperadas que dão graça e vida aos sentidos.

Segue aí o link da matéria ;)

As lingeries estão em alta. Esqueça as formas tradicionais de se usar uma lingerie: neste verão, a ideia é revelar mais do que esconder.

Publicado em Moda | Etiquetas , , , , , , , , , , | Deixe o seu comentário

O surgimento da Lingerie

Olá pessoal!

Achei interessante compartilhar com vocês como surgiu a lingerie. Então aí vai a moral do texto da Claudia Garcia que encontrei no UOL. Comentem!

A História das Roupas de Baixo Femininas

Várias peças e acessórios usados pelas mulheres compõem o que chamamos de lingerie, as conhecidas roupas de baixo. Formada por calcinhas, sutiãs, cintas-ligas, espartilhos e algumas outras peças, a lingerie desperta todo tipo de fantasias. Segundo Freud, a relação do erotismo com as roupas íntimas nada mais é do que o fetiche, ou feitiço. Isso acontece quando a satisfação pessoal se dá através de objetos ou ornamentos.

O cinema e as revistas também ajudaram a criar um clima de sedução e fantasia, despindo as musas de suas roupas e deixando-as apenas com suas roupas de baixo, cada vez mais bonitas e elaboradas.

A lingerie passou por uma série de transformações ao longo do tempo, acompanhando as mudanças culturais e as exigências de uma nova mulher que foi surgindo, principalmente durante o século 20. A evolução tecnológica possibilitou o surgimento de novos materiais, que tornou a lingerie mais confortável e durável, duas exigências da vida moderna.

Desde o tempo das vestes longas, usadas até pouco depois da Idade Média, passando pela ostentação dos séculos 17 e 18, quando era usado um verdadeiro arsenal de acessórios por baixo das grandes saias femininas, até o início do século 20, a mulher sofreu horrores em nome da beleza e da satisfação masculina.

Os espartilhos, usados por mais de quatro séculos, causava sérios problemas à saúde, além do desconforto e da obrigação de ostentar uma “cinturinha de vespa”. Os seios, foco da atenção por muito tempo, eram forçados para cima através dos cordões apertadíssimos dos espartilhos. Também as calcinhas, como são atualmente, passaram por drásticas mudanças. No século 19, eram usadas ceroulas, que iam até abaixo dos joelhos. O surgimento da lycra e do nylon permitiu uma série de inovações em sua confecção, que possibilitou até a criação de um modelo curioso nos anos 90: uma calcinha com bumbum falso, que contém um enchimento de espuma de nylon de vários tamanhos e modelagens.

Um acessório sensual muito usado na década de 20 foi a cinta-liga, criada para segurar as meias 7/8. Dançarinas do Charleston exibiam suas cintas-ligas por baixo das saias de franjas, enquanto se sacudiam ao som frenético das jazz-bands. Ainda nos anos 30, a cinta-liga era o único acessório disponível para prender as meias das mulheres, que só tiveram as meias-calças à sua disposição a partir da década de 40, com a invenção do náilon em 1935.

Espartilhos, meias de seda 7/8, ligas avulsas presas às cintas, continuaram sendo usados por muitas mulheres, mas não mais por uma imposição ou falta de opções, mas por uma questão de estilo ou fetiche, já que esses acessórios se tornaram símbolos de erotismo e sensualidade na sociedade ocidental.

A lingerie atravessou o século 20 sempre acompanhando a moda e as mudanças de comportamento. Quando a moda eram roupas justas e cinturas marcadas, lá estava o sutiã com armações de metal, cintas e corpetes para moldar o corpo feminino. Na década de 60, com a revolução sexual, o sutiã chegou até a ser queimado em praça pública, num ato pela liberdade feminina. Uma geração de mulheres afirmava, em 1980, não usar nada por baixo das camisetas ou de seus jeans, mas os tempos mudaram e a moda trouxe tantas novidades em cores, materiais e estilos, indo do esportivo todo em algodão, ao mais sofisticado modelo em rendas e fitas, que as mulheres chegaram a gastar mais em roupas de baixo do que em qualquer outro item de guarda-roupa ainda durante os anos 80.

A indústria de lingerie, que continua crescendo, aposta agora em alta tecnologia. É possível encontrar no mercado desde o espartilho no mais clássico modelo renascentista até o sutiã mais moderno, recheado de silicone, a última novidade.

É isso aí gente. E agora temos modelos lindíssimos como o da Kate Moss, nesse ensaio para a Valisère.

Visite as páginas da Flor de Pimenta e fique por dentro das novidades:

Facebook | Fan Page | Twitter | Tumblr

Publicado em Lingeries | Deixe o seu comentário

Michael Bay para Victoria’s Secret – Qual é sua fantasia?

O cineasta Michael Bay apresentou seu último trabalho comercial, um vídeo dirigido para a Victoria’s Secret. A propaganda, com o tem “qual é sua fantasia?” foi ao ar durante o desfile secreto da marca neste ano.

As modelos que fazem parte do vídeo são Adriana Lima, Candice Swanepoel, Chanel Iman, Erin Heatherton, Katsia Zingarevich, Lily Aldridge e Rosie Huntington-Whiteley.

Publicado em Lingeries | Etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe o seu comentário

Flor de Pimenta

A Flor de Pimenta atua no mercado de lingeries com produtos de alta qualidade, feitos com materiais confortáveis que valorizam o corpo de quem usa. Produzimos roupas íntimas femininas e masculinas, fale conosco.

Estamos preparando um site e um catálogo para mostrar nossas peças, mas por enquanto você pode acompanhar posts sobre moda e roupa íntima no nosso blog, ou então conferir imagens de referências no nosso tumblr: flordepimenta.tumblr.com. Fique à vontade para entrar em contato conosco.

Flor de Pimenta

Telefone: (47) 3334-0309
Endereço: Rua Frederico Jansen, 3020 – Sala 02
Cidade: Itoupavazinha / Blumenau – SC

Publicado em Notícias | Etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe o seu comentário